domingo, 17 de maio de 2015

A LOIRA








Um dia alguém me disse algo,
E eu, depressa, acreditei,
Confesso que até segui o impróprio riso,
Não devia, me arrependi, me enganei.

Essas coisas que se dizem por aí,
Se consolidam e ganham formas,
Caem na boca pequena, aqui e ali,
Mudam a opinião e criam normas.

A ausência de uma investigação,
Leva o incauto e obtuso navegante,
A cair na armadilha da contradição,
E na injustiça do destino errante.

Manchar a personalidade inocente,
Não resolve o tom da cor ambiente,
E nem mesmo o colorido dos cabelos,
Pode justificar a exibição dos dentes,
Na rudez de quem, com pouco desvelo,
Segue na onda, do que não é paciente.

À LOIRA, quero neste ato, homenagear,
De burra você não tem, nem pode ter nada,
E se um dia, com capricho, eu te encontrar,
Perto ou longe, aqui ou em qualquer lugar,
Vou, com respeito e com humildade, solicitar,

Que me dê a honra de, a meu livro, PREFACIAR.


2 comentários:

Eliene Toledo disse...

Meu irmão, verdade, as pessoas tem esse hábito de dizer loira burra, elas esquecem que as morenas estão todas ficando loiras . Em se falando então de mulher de Deus, cada uma tem um diferencial, umas são mais capas outras menos, mas cada uma tem seu valor naquilo que faz. è como dizem ai do médidico se não fosse a professora, enfim, Deus é Deus do pobre , do preto , do branco, da loira nós temos que ser servos obedientes e tementes ao Senhor. è como diz o salmo 37 v 4 - Deleita-te no Senhor e ele concederá o que deseja o seu coração. Nós temos que ser servos e o servos, e sempre amando os nossos irmãos e aos nossos semelhantes , é mandamento de Deus.Que Deus continue te capacitando mais e mais, pois são pessoas como vc que precisam estar na internet , fala de política, mas é cheio do Esp´rito Santo. Abraços. Eliene.

Joaquim José Tinoco de Oliveira disse...

Pura verdade irmã. Agradeço pelas sábias palavras. Que Deus abençoe ricamente, a vc e a todos os seus.